Cosmossomos: Multiverso + MSO. Método de mapeamento do processo de significação da marca (metabranding).

Ilustração: Aaron Rutten/Depositphotos.

 
MSO é uma experiência contínua. 

 

Partindo de uma hipótese Multiverso, MSO molda-se como um método aberto, inacabado, mutante e continuamente expansível.

 

 

 

O termo "experiência" é essencial para entender o conceito e propósito MSONão é um método para respostas e certezas, mas um caminho para lidar com dúvidas pertinentes. Não pretende moldar experiências da marca mas sim, aprender com a experência.

 

Atualmente, no ambiente do mercado, fala-se muito sobre a "experiência da marca", usualmente concentrada exclusivamente na interação com o consumidor. Mas a visão MSO é muita mais ampliada e tem uma origem: a própria marca. Não trata apenas da experiência do consumidor, mas principalmente da própria marca, como algo existente, real e cognoscível.

 

MSO é uma hipótese. Pode ser entendido como uma busca do autoconhecimento, integrando o aprendizado e interação da marca no mundo. Ajuda a pensar de dentro para fora, a partir de sua essência existencial, ou potência criativa, transformadora e evolutiva; ao memso tempo que considera a percepção de fora para dentro.

 

 

 

2019_CSMSSMS_SITE_SER_SPLSH-2_W.png
 
A hipótese do ser-marca. 

 

 

Para começar a entender a ideia MSO, imagine um diálogo entre a marca e um intérprete, por exemplo o consumidor, um de seus principais focos de interação e razão de existência. O consumidor fala e age por si mesmo. Um corpo-organismo-mente integrado, existente e particular. Mas e a marca? Que tipo de ser é este que interage, gera suas próprias ideias, tem nome, personalidade renova sua imagem, desenvolve produtos, conversa com diversos públicos e busca ajudar seu consumidor? Tem também mente, organismo e corpo? Afinal o que é a marca?

 

Cosmossomos: Multiverso + MSO. Método de mapeamento do processo de significação da marca (metabranding).
Quem é a marca?

Foto: Dubzaine.

 

 

MSO parte da hipótese de que a marca é como um ser, vivo, orgânico, interativo e criativo. Não é exatamente a personificação em um modelo ideal,  como imagem de uma personagem que representa o conceito. 

 

Trata-se de um ser real, que corporifica a marca, pensa, age e produz o que tem como potência. Mais que um indivíduo, um coletivo.

 

Para MSO, marca é o conjunto de profissionais, executivos, técnicos e trabalhadores que em conjunto fazem a marca ser real. Uma espécie de eu-coletivo, formado como um organismo em rede que aprende e interage com o mundo, devolvendo sua potência transformadora e realizadora.

 

 

cosmossomos mso multiverso

 
Conceitos essenciais MSO

 

 

 

Disruptivo? MSO prefere o integrativo.

 

 

 
Palavras-chave
(tags MSO).

 

 

Autoconhecimento;

Aprendizado;

Experiência;

 

Integração;

Conjunção;

Conexão;

 

Potência;

Propósito;

Ética;

 

Ideias,

Meios;

Efeitos;

 

 

 

 

Movimento;

Interações;

Redes;

 

Organização;

Processos;

Fluxos;

 

Organismo;

Corpo;

Mente;

 

Inovação;

Realização;

Evolução.

 

 

 
Conceito fundamental: integração.

 

2019_CSMSSMS_SITE_MSO_MSO_W.jpg
Cosmossomos: Multiverso + MSO. Método de mapeamento do processo de significação da marca (metabranding).

Fotomix: Serbrand.

 
Marcas

 

+

Essência

+
Inovação

 

 

Para MSO, inovação é experiência e essência do modo ser da marca.

 

 

 

Recentemente, inovação passou a ser um tópico central nos assuntos das marcas e hoje é foco estratégico da gestão de branding e negócios. Figura como item essencial para a competição do mercado. Mas o que significa inovar? Buscar incessantemente uma nova ideia, diferente e inovadora por si mesma? 

 

Diferente da visão habitual, MSO entende que inovação não é estratégia, é acontecimento e experiência. Não é algo induzido mas vivenciado. 

 

Um marca realmente inovadora é aquela que está aberta para interagir e aprender com o mundo. Promove o pensamento crítico. não só do mundo, mas principalmente de si mesma. Experimenta, lança hipóteses, aprende com os erros, muda de ideia e evolui. 

 

Uma marca inovadora integra mente, organismo e corpo. Permite a ação participativa e a visão crítica de seus realizadores sobre suas ideias, produtos e atitudes. 

 

Para MSO, inovação pode ser o resultado de uma marca ética, que age como pensa e diz. E ela acontece, espontaneamente, fruto da potência criativa do conjunto organizacional. Quanto mais integrada, mais aberta para inovação.

 

Como método, MSO contribui para organizar a marca e com a visão do conjunto e seu sistema, prepará-la para tornar a inovação um essência natural.

 

 

Cosmossomos: Multiverso + MSO. Método de mapeamento do processo de significação da marca (metabranding).

Fotomix: Serbrand.

Potência
+
Performance

+

Valor
 

Uma marca de valor é aquela que faz o que diz, diz o que pensa. É a experiência de buscar ser, de fato, o que a imagem representa. 

 

 

 

 

MSO também organiza de outro jeito a relação entre valor, performance e inovação. Utiliza o termo "potência" para significar um estado de ser da marca, a partir de sua essência: o que é capaz de produzir para o benefício de outro. 

 

A Ética contribui para compreender que seu propósito é produzir não para si própria, mas para o consumidor e a sociedade. E a potência é o que ela tem de melhor, sua natureza, o que nasceu para fazer.

 

Com o conceito de potência, MSO entende que valor e performance são consequências de uma integração das dimensões de significado da marca. Quanto mais coerência entre ideias, causa, meios, fins e efeitos (considerando o contexto ampliado) mais potente, maior valor e performance.

 

Para MSO, marca de valor é autêntica, faz o que diz, diz o que pensa e é de fato o que parece ser, considerando todo seu espectro de significados, combinados por um propósito. Seu valor vai sendo construído no tempo, por seus públicos, que depositam nela sua confiança e preferência. 

 

 

 

Cosmossomos: Multiverso + MSO. Método de mapeamento do processo de significação da marca (metabranding).

Foto: Serbrand.

Significação
+
Identificação
+
Experiência
 

 

MSO busca compreender não apenas o que a marca pode ser, mas essencialmente o que ela é.

 

 

 

A identidade da marca também é um ponto crucial das estratégias mercadológicas no contemporâneo. Um valor alto corresponde a uma ideia potente, envolvente e realizadora. Normalmente, o branding e design buscam definir padrões de identidade da marca a partir de subjetivações, que depois é compilada em densos manuais e guias de aplicação.

 

MSO, ao invés de identidade, entende a marca como processo contínuo de significação e identificação. Marca é naturalmente mutante e ao mesmo tem signos que são mais habituais. Juntando seu conjunto de elementos representativos, forma um sistema orgânico de linguagem e comunicação, expansivo e autêntico. 

 

Também diferente de outros conceitos de design estratégico, ao invés de buscar "fora de si" insights para uma identidade poderosa, MSO compreende que o processo de identificação começa de dentro, da sua essência e integração, como um ser-marca. 

 

Sua identidade deve corresponder o nome com seu corpo, organismo e mente. Em outras palavras, identificação é a expressão autêntica do que a marca realmente é, por dentro e por fora.

 

 

 

 

2019_CSMSSMS_SITE_HOME_BARRA_LARANJA.jpg

Saiba mais sobre como MSO pode contribuir com a evolução da sua marca.